21 32533235

Vinhos no verão!

 

Por Marcio Lima

 Sommelier – Proprietário do Empório Encanto Gourmet

 

Você já se imaginou na beira de piscina bebendo um espumante acompanhado de rolinhos de presunto de Parma recheados com Cream Cheese e alcaparras? Ou quem sabe deliciosos bolinhos de bacalhau com um bom vinho verde? Uma pesquisa realizada recentemente mostra que o consumo de vinho pelo brasileiro vem aumentando nos últimos anos, passando de 1,6l por habitante/ano em 2002 para 2l em 2016.  Comparando com nossos vizinhos Chile e Argentina, cujo consumo é de 17,5l e 24,5l respectivamente, ainda estamos engatinhando no mundo dos vinhos.

Muitos brasileiros associam o consumo de vinhos e espumantes a datas especiais (Natal, Ano Novo, casamentos e etc.), enquanto outros dizem que o nosso clima não ajuda na hora de degustar um bom vinho. Nada disso é desculpa, pois temos excelentes vinhos para diversas ocasiões e climas. Você sabia que existe mais de dez mil castas de uvas próprias para se fazer vinho? Está na hora de quebrar esse paradigma e aproveitar a diversidade de vinhos de várias regiões, castas e sabores diferentes que temos ao nosso alcance, sair um pouco da “mesmice” e experimentar algo novo.

Sendo assim, resolvi listar algumas castas de vinhos brancos e suas características para ajudá-lo a escolher um bom vinho para se refrescar nesse verão carioca:

- Alvarinho – Nativa da região norte e noroeste de Portugal, é considerada a melhor uva branca do país. Com aromas de frutas, principalmente pêssego, maracujá e lichia é uma uva leve e com bastante acidez. Famosa na elaboração dos Vinhos Verdes.

- Chenin Blanc – Possui uma acidez marcante que origina um vinho com bastante frescor, com aroma de pêssego branco com notas de abacaxi, manga, damasco e flores brancas. É uma das principais uvas do vale do Loire na França e também tem sido plantada com bastante sucesso na África do Sul e Argentina.

- Gewürztraminer – É a mais aromática das uvas, atinge seu ápice na Alsácia, mas também é bastante cultivada na Alemanha e no Alto Adige na Itália. Produz um vinho com acidez bastante equilibrada e aromas de lichia, rosa e gengibre.

- Torrontés – Introduzida na Argentina na época da colonização espanhola, se tornou uma especialidade do país, sendo bastante plantada em Mendoza, mas tem se destacado na região de Salta. Produz vinhos com maior teor alcoólico e bastante aromáticos, sobressaindo rosas vermelhas, camomila, lavanda, casca de laranja com aromas que remetem a salada de frutas.

Esta esperando o quê para abrir uma garrafa e contribuir para o aumento de nossa estatística? Lembrando que a temperatura de serviço dos espumantes é entre 6˚ e 8˚C e para vinhos brancos entre 8˚ e 12˚C.

Saúde!

Marcio Lima

 Sommelier – Proprietário do Empório Encanto Gourmet

marcioqal@globo.com

Av das Américas, 12300, sala 148, Blue Center - Barra da Tijuca – Rio de Janeiro
21 32533235 / 21 3217 7501
sac@grenache.com.br

© Grenache 2018 | Todos os direitos reservados.
Implementação de conteúdo e material fornecidos pelo administrador